quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Já perdemos muito tempo bricando de perfeição,
Esquecemos o que somos: simples de coração.
– Engenheiros do Hawaii

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Faço planos.
Alimento sonhos.
Crio esperanças.
Espero ansiosa por um futuro 
que eu desejo mais que tudo, viver ao seu lado...

Eu realmente deveria me importar menos, mas eu nao consigo...

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Não quero alguém que fale :
“Ei, não chora. Não vale a pena chorar.”
Quero alguém que me diga:
“Pode chorar, eu estou aqui com você!”

sexta-feira, 12 de agosto de 2011


Sobre o amor? Amor é não querer desligar-se nunca do abraço. É sentir saudade todos os dias, inventar assunto pra não ter que desligar o telefone. É xingar. Rir de chorar. É alertar, preocupar. É dividir cobertor, espaço na cadeira de balanço ou um pedaço do sofá pequeno. É esquentar a mão, fazer cafuné, dormir no colo um do outro. Amor é saber esperar, esperar esper… É não saber se explicar. Sentir medo, ser cúmplice, ter coragem. É sair de casa no meio da noite e se encontrar escondido. É sonhar a semana toda com o fim de semana e o mesmo cheiro, o mesmo abraço, o mesmo beijo. É dar gargalhadas, colocar de castigo, estalar os dedos um do outro, mesmo sabendo que isso vai doer. É provocar, morder a bochecha e lamber o nariz. É fazer cara de nojo, pirraça, chantagem. É agradar. Não ter medidas. É não cansar. Não cansar da voz, do desespero, da rotina. É ter alguém, um amigo, uma fonte, uma força. É ter você. É ser a gente.