terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Talvez existam mesmo novas histórias, novos amores, novos romances, novas aventuras
[…]
mas eu não preciso do novo, só preciso que o velho dê certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário